spot_imgspot_img

Rio começa a vacinar crianças de 4 anos contra covid-19; saiba mais


A cidade do Rio de Janeiro começou a vacinar hoje crianças de quatro anos e é a primeira do Brasil a aplicar o imunizante nesta faixa etária. O calendário de vacinação foi ampliado após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizar o uso emergencial da Coronavac para crianças de três a cinco anos.

Até então, a vacina só podia ser aplicada em crianças com seis anos ou mais. Segundo o calendário da Prefeitura do Rio, entre hoje (15) e terça-feira (19), crianças de quatro anos receberão a primeira dose. A partir do dia 20, será a vez de crianças com três anos.

Em 23 de julho, a Prefeitura do Rio libera a chamada repescagem para quem não pôde comparecer nas datas iniciais.

Após a vacinação, as crianças recebem um certificado de coragem. A Secretaria de Saúde do Rio ressaltou que a CoronaVac “é comprovadamente segura e é extremamente importante para prevenir complicações da covid-19”.

Anteontem, a Anvisa liberou o uso emergencial da CoronaVac para crianças de três a cinco anos. A relatora, diretora Meiruze Freitas, citou os benefícios da imunização para o grupo, e ressaltou a importância para redução de casos graves, complicações e sequelas causadas pela doença, bem como de mortes.

Mesmo considerando as limitações e incertezas relatadas pela área técnica, permitir que os gestores de saúde façam a avaliação do real custo de efetividade de usar a Coronavac, bem como o direito dos pais que desejam vacinar os seus filhos, passa pelo escopo dessa avaliação.
Diretora Meiruze Freitas da Anvisa

Calendário de vacinação das crianças de 3 e 4 anos no Rio

  • Sexta (15): 4 anos
  • Sábado (16): 4 anos
  • Segunda (18): 4 anos
  • Terça (19): 4 anos
  • Quarta (20): 3 anos
  • Quinta (21): 3 anos
  • Sexta (22): 3 anos
  • Sábado (23): 3 anos

A recomendação da Área Técnica da Anvisa para a faixa etária é de um esquema vacinal de duas doses, com intervalo de 28 dias, e mesma dose usada para adultos. Crianças imunocomprometidas não devem ser vacinadas por falta de informações sobre a aplicação no grupo.

Queiroga diz que ainda não há data para vacinação

Anteontem, quando a Anvisa liberou a vacinação para as crianças de 3 a 5 anos, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou à colunista do UOL Carla Araújo que ainda não havia como prever uma data e nem um calendário para a vacinação contra covid para esse público. Segundo Queiroga, o Ministério da Saúde ainda vai analisar a decisão da agência.

“O tema vai para análise da CTAI/SVS (Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização), conforme o processo padrão”, disse. “Ainda temos que analisar o inteiro teor da decisão da Anvisa”, completou.

O ministro disse que apenas depois do procedimento técnico da pasta é que seria possível falar em datas para a vacinação. “Só após a avaliação da área técnica”, disse.





Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,434FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts