spot_imgspot_img

Nivus europeu, VW Taigo tira nota máxima em teste de colisão


Lançado no Brasil em 2020, o Volkswagen Nivus ganhou mercado e se tornou um dos queridinhos do mercado brasileiro, no entanto, até agora o SUV-cupê não passou pelo teste de segurança do Latin NCAP. Mas sua versão feita para o mercado europeu chamada de VW Taigo passou pela prova de fogo do Euro NCAP e foi muito bem ao gabaritar o teste de colisão com 5 estrelas.

Nessa rodada de testes de segurança feita pelo Euro NCAP, órgão responsável por analisar o nível de segurança dos veículos novos comercializados na Europa, diversos veículos foram analisados. Em comemoração aos 25 anos da entidade, digamos que foi uma rodada extensa, onde foram testados além do Taigo (nosso Nivus) os modelos VW Polo, BMW Série 2 Coupé, Lexus NX e o novo Renault Mégane E-Tech, que deixou de ser sedã para ser SUV – e será vendido no Brasil. Mas vamos voltar ao Taigo.

Volkswagen Taigo - teste EuroNCAP

Apesar do Nivus nunca ter passado por testes de colisão na América Latina, o bom resultado de seu primo europeu acaba não surpreendendo tanto justamente por ambos serem produzidos com base no Polo, por mais que a carroceria tenha mudado substancialmente de visual. Na Europa o Taigo alcançou as mesmas 5 estrelas do Polo europeu, assim de acordo com a entidade ele teve 94% de proteção para ocupantes adultos, 84% de proteção para crianças no banco traseiro e 71% de proteção para pedestres vulneráveis na estrada, que é o nível de proteção para pedestres em caso de atropelamento. Em relação a assistência à segurança, o Nivus europeu alcançou 70%.

Em relação aos detalhes do teste, o Euro NCAP afirma que a cabine do Taigo permaneceu estável durante o teste de impacto frontal, oferecendo ainda uma boa margem e proteção para os joelhos e a região do fêmur para quem vai sentado nos bancos dianteiros – independentemente da estatura da pessoa e da posição que estiver sentada. No teste de barreira rígida de largura total, o SUV-Cupê ofereceu proteção boa ou adequada para todas as áreas críticas do corpo, tanto para o motorista quanto para os ocupantes do banco traseiro.

O SUV-cupê se saiu bem também no teste de impacto lateral contra barreira, pois segundo o órgão a proteção de todas as áreas críticas da carroceria foi boa e o carro teve a pontuação máxima nesta parte da avaliação. No controle da excursão (quando a carroceria é jogada para o outro lado quando é atingida lateralmente) a proteção foi adequada. No mais, tanto o banco dianteiro quanto o traseiro ofereceram boa proteção contra o chamado efeito chicote (quando há uma torção ou distensão no pescoço) em caso de colisão traseira.

Por fim, na Europa o Taigo conta com o sistema eCall que alerta os serviços de emergência no caso de um acidente. Além disso, o carro também possui um sistema que aplica os freios após um impacto, para evitar colisões secundárias (esse disponível também no Nivus vendido no Brasil).

Vale lembrar que a legislação de segurança para carros na Europa ficará mais rígida a partir de julho deste ano, quando serão obrigatórios novos recursos de segurança como sistema de frenagem automática de emergência e piloto automático adaptativo para veículos novos.



Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,376FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts