spot_imgspot_img

“Inflação continua machucando a campanha de reeleição”, diz especialista


A decisão do Palácio do Planalto em criar um voucher para caminhoneiros e aumentar o vale-gás pode ser uma resposta do governo federal para a alta dos combustíveis. Entretanto, de acordo com o cientista político Rafael Cortez, a inflação continua machucando a campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em entrevista à CNN nesta terça-feira (21), Cortez apontou caminhos “conflituosos”, como a relação do governo com as estatais, que levam a atual gestão a ter cada vez mais dificuldades com o plano de reeleição.

“No ponto de vista econômico permanece um quadro de incerteza. A inflação continua machucando a campanha de reeleição, quando a gente olha para o mundo da política, é basicamente uma agenda muito descentralizada. Vai diminuindo a probabilidade de essas medidas de fato gerarem um favoritismo para a candidatura de reeleição, que está batendo na porta”, disse Cortez.

Para custear as duas medidas, o governo usaria a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pretende abrir espaço para o pagamento a estados fora do teto de gastos.

“Tem vários caminhos mais conflituosos, como a relação do governo com as estatais, que gerou incertezas no mercados, incertezas que alimentam boa parte dos problemas que impactam nas chances de reeleição”, disse o cientista político.

“No fundo, o eleitor não tem um sentimento natural de votar no governo neste momento. A reeleição precisa ser reconstruída, e essa construção da reeleição vai sair cara, não só a curto prazo, gerando muita incerteza e muito ruído no segundo semestre”, acrescentou Rafael Cortez.

Assista à análise completa no vídeo acima.



Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,376FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts