spot_imgspot_img

Petrobras analisa nome de Caio Paes de Andrade para presidência da estatal nesta sexta


O nome de Caio Mário Paes de Andrade vai ser avaliado nesta sexta-feira (24) pelo Comitê de Elegibilidade da Petrobras, em reunião prevista para acontecer às 16h. Apesar das lacunas levantadas no currículo acadêmico e na experiência do candidato indicado pelo governo federal, fontes ouvidas pela CNN apontam que ele deve ser aprovado.

Caio Paes de Andrade tem formação em Comunicação Social pela Universidade Paulista, pós-graduação em Administração e Gestão pela Harvard University e é mestre em Administração de Empresas pela Duke University.

Ao longo da semana, a CNN apurou que os diplomas dos cursos de pós-graduação e mestrado de Andrade não têm validação pelo MEC. Por isso, o setor de compliance da companhia fez um alerta sobre a indicação. O candidato também não cumpriria o tempo de experiência exigido em cargo compatível, que é de pelo menos 60 meses.

Caso a tendência se confirme e o nome seja aprovado pelo Comitê, caberá ao Conselho de Administração a eleição de Andrade para o cargo. A Petrobras ainda não divulgou quando será o encontro do Conselho, mas fontes relatam que ele pode acontecer ainda nesta sexta ou no sábado (25), para que a posse do novo comandante seja no início da semana que vem.

Se tudo ocorrer conforme o esperado, Paes de Andrade será o quinto presidente da companhia no governo Jair Bolsonaro, contando o mandato interino do executivo Fernando Borges, que assumiu na última segunda-feira (20), após a renúncia de José Mauro Ferreira Coelho.

A pressa para a troca ocorre em razão da pressão do governo federal frente à escalada no preço dos combustíveis. Na última sexta-feira (17), a Petrobras anunciou um novo reajuste de 5,18% na gasolina e de 14,26% no diesel.

No mesmo dia, o Supremo Tribunal Federal também entrou no assunto. O ministro André Mendonça deu cinco dias para a Petrobras prestar “minuciosas informações” a respeito dos critérios adotados para a política de preços. A companhia, então, solicitou que o prazo seja estendido.

Já nesta quarta-feira (22), o presidente Bolsonaro afirmou que, se eleito, Caio Paes de Andrade deve mudar os diretores da Petrobras para dar uma “nova dinâmica” à empresa e alterar a política de paridade de preços de importação “se for o caso”.



Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,376FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts