spot_imgspot_img

Apesar dos erros, Fluminense consegue empatar com São Paulo e recebe elogios de Diniz


Mesmo chegando aos oito jogos de invencibilidade, o Fluminense não fez uma boa partida diante do São Paulo, no Morumbi. Ainda assim, o Tricolor carioca buscou empatar já ao final do segundo tempo. Por outro lado, o técnico Fernando Diniz elogiou a equipe, principalmente com a melhora no segundo tempo. 

-Tivemos muitas chegadas, mas a bola só entrou duas vezes. Pagamos um preço nesse jogo. Se você me perguntar o ponto mais delicado do jogo, foi o momento do primeiro tempo que a gente podia ter aproveitado o momento de instabilidade do São Paulo para acelerar o jogo e não aproveitamos.

Entretanto, antes mesmo da bolar rolar, o Fluminense sofreu uma baixa. Porém,  ao ser questionado sobre a ausência de Nino, zagueiro e titular na equipe do Flu, que teve uma indisposição, Diniz respondeu o seguinte:

– Absolutamente não, a gente tem uma certa mania de achar soluções fáceis para problemas que são complexos. O time não sofreu nada e criou mais chances. Então não tem absolutamente nada a ver com a saída do Nino, nada a ver.

+Samuel Xavier diz que Diniz é responsável por sua evolução e vê Fluminense na briga pelo título

Além disso, durante a entrevista coletiva, o técnico foi indagado sobre a possibilidade do Fluminense disputar o título de campeão com outros times. O Tricolor faz uma boa campanha até aqui e está na parte de cima da tabela.

-O time tem que pensar no próximo jogo, não tem que ficar fazendo projeções ao longo prazo. O Fluminense, assim como todos os times grandes, entram em campeonato sonhando, no mínimo, em ganhar o campeonato. Mesmo que não tenha o investimento como outras equipes têm, a gente tem que sonhar com isso e a gente trabalha pra isso. 

Por fim, questionado sobre a ocasião do fracasso na primeira passagem pelo Fluminense e o do atual elenco e trabalho, ele falou sobre as diferenças nessa gestão:

-Desde quando eu saí em 2019, o time estava numa campanha muito ruim no Brasileiro e bem na Sul-Americana, tinha uma aceitação muito grande, que dividia a torcida. Até aqueles que de repente não queriam que o trabalho continuasse, torciam muito e gostavam do que viam em campo. Era um momento extremamente delicado, com meses de salários atrasados, uma estrutura precária.

Por outro lado, Diniz também falou sobre o trabalho em conjunto que hoje em dia acontece no Fluminense, diferentemente da sua última passagem.

– Então é diferente de hoje, hoje tem harmonia, presidente que trabalha dia e noite para poder pagar salários em dia, poder pagar passivo. Tem o Paulo Angioni que já estava na minha época e que ajuda demais, existe harmonia em todos setores do clube.

+Fluminense solicita investigação sobre conduta de policiais em jogo contra o Cruzeiro

Por fim, o Fluminense entra em campo na próxima quarta-feira (20), contra a equipe do Goiás, às 19h, em Goiânia. A partida é válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para saber tudo sobre o Brasileirão, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.











Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,430FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts