spot_imgspot_img

Presidente do Galo questiona Comissão de Arbitragem: ‘Por que os áudios dos jogos do Atlético demoram tanto para serem liberados?’


O Atlético-MG, por meio de seu presidente Sergio Coelho, realizou, nesta quarta-feira, 20 de julho, uma coletiva trazendo os principais questionamento do clube, em relação a Comissão de Arbitragem da CBF, por meio de seu presidente Wilson Luiz Seneme.

+Atlético-MG será julgado no STJD por cânticos homofóbicos contra o Flamengo

Sobre os áudios, disponibilizados pelo CBF, Coelho questionou a demora da divulgação dos áudios do VAR dos jogos do clube. Além disso, comparou a situação que o Atlético passou, com a do jogo Palmeiras x São Paulo, pela Copa do Brasil.

Por que os áudios dos jogos do Atlético demoram tanto para serem liberados? Um deles, do jogo do Atlético x Avaí, acontecido em 29 de maio, não foi liberado até hoje. Assim como também não foi o áudio da suposta ameaça que Daronco fez a Hulk. Qual a dificuldade? Seremos incansáveis nessa cobrança. Curiosamente, o áudio jogo entre Ceara x Flamengo, ocorrido também em maio, no dia 14, às 16 e 30, foi solicitado pelo clube carioca e disponibilizado no mesmo dias, às 22h e 38 minutos. Também os áudios dos nossos jogos contra São Paulo, Brasileirão, Flamengo, Copa do Brasil, demoraram vários dias para se tornassem públicos e só o foram depois de muita reclamação da nossa parte. Diferentemente, mais uma vez, do que ocorreu no jogo entre Palmeiras e São Paulo, pela Copa do Brasil, cujo áudios foram liberados em menos de 24 horas. Está certo isso? É essa a postura que se espera da arbitragem de uma entidade isenta e neutra como a CBF?

O mais incrível é que temos excelente dialogo na CBF e a conduta da entidade não tem sido essa da comissão de arbitragem. Pelo contrario, somos bem pelo presente Ednaldo Rodrigues, pelos diretores Júlio Adelar, Dra. Santuza, Rodrigo Paiver e todos os funcionários, mas, me parece, que a comissão de arbitragem é um ser distinto dentro da CBF. Isso é inaceitável.

Sergio Coelho especificou três partidas do Galo: contra o São Paulo, Flamengo e, mais recente, o Botafogo.

Galo x São Paulo

Escandaloso pênalti no Hulk. O VAR confirmou que o toque na bola foi de nosso atacante. A bola continuou viva para o nosso atleta, o que desmonta toda a tese que foi criada de que não fora pênalti, porque o Miranda tinha tocado na bola. Esperamos que aqueles disseram que não foi pênalti, porque o Miranda tocou na bola, revejam suas opiniões. Ninguém veio a público se manifestar sobre o episodio, nem o arbitro, nem a comissão de arbitragem da CBF. Seremos incansáveis também na cobrança para que venham se posicionar. Pior, a despeito da grave suspeita, o arbitro continua a ser escalado em jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil. Eu pergunto: E se o Hulk tivesse feito uma ameaça ao arbitro? Seria expulso e muito provavelmente levaria severa punição do STJD.

Galo x Flamengo

Nossa atuação foi horrível, o Flamengo foi muito melhor, eles mereceram a vitória. Mas isso não justifica o fato de o arbitro confirmar um gol que não é claro. o arbitro não viu, o bandeirinha não viu e o VAR confirmou que o gol é inconclusivo. Quem deu o gol? Os lances deixam claro que tanto o arbitro como o bandeirinha não deram o gol imediatamente, após o lance. E quando ao arbitro confirmou o gol não fora em razão de suposta confirmação do VAR. Como chegamos a acreditar. Mas, sim porque os jogadores o Flamengo reclamaram.

Galo x Botafogo

Ainda não tivemos acesso aos áudios, mais uma vez. Mas o lance do pênalti no Ademir, n último lance do jogo é evidente e indiscutível. Trata-se erro grotesco do mesmo arbitro que cometeu outro erro ao não marcar pênalti em nosso jogo, ano passado, contra o Atlético Goianiense e Goias, mesmo vendo os lances no VAR, e ele não deu esses dois pênaltis claros a nosso favor.

Por fim, relembrou de outros erros contra o Atlético, nas partidas contra Red Bull Bragantino e Goiás.

Nos nosso três últimos jogos fomos absurdamente prejudicados e por árbitros considerados entre os top 5 do Brasil. Dois deles estarão na Copa do Mundo desse ano. Fora esses jogos não podemos esquecer dos prejuízos que tivemos nos jogos contra Bragantino, pela não marcação de um pênalti claríssimo e expulsão de um jogador adversário; e Goiás, pela não expulsão do adversário após atingir com falta vergonhosa o nosso atleta Guga.











Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,434FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts