spot_imgspot_img

Na briga com Musk, Twitter tem prejuízo


Rede social reverteu lucro observado no mesmo período do ano anterior

O Twitter registrou prejuízo líquido de US$ 270 milhões no segundo trimestre, revertendo o lucro de US$ 65,6 milhões de um ano antes. Em meio ao conflituoso processo de aquisição por Elon Musk, as receitas da rede social somaram US$ 1,17 bilhão entre abril e junho, queda de 1,2% na comparação anual.

A companhia destaca que a queda nas receitas reflete o momento atual do segmento de anúncios, com pressões macroeonômicas e também as incertezas relacionadas ao processo de aquisição em curso. As receitas de anúncios cresceram 2% na comparação anual, enquanto a de outros serviços, como assinaturas, caíram 27%.

O número de usuários ativos diários no Twitter foi de 237,8 milhões no segundo trimestre, uma alta de 16,6% sobre igual período de 2021. Nos Estados Unidos, a alta no indicador foi de 14,7%, a 41,5 milhões de usuários, enquanto no mercado internacional houve crescimento de 17%, a 196,3 milhões de usuários.

Os custos do Twitter subiram 31% em um ano, a US$ 1,52 bilhão. No trimestre, os custos envolvendo a negociação com Musk somaram US$ 33 milhões, enquanto o custo das receitas subiu 29,6%, a US$ 540,6 milhões. Isso resultou em um prejuízo operacional de US$ 344 milhões.

Assim como no primeiro trimestre, o Twitter não vai fornecer metas ou realizar teleconferência de resultados em decorrência da negociação com Elon Musk. A empresa lembra que não há prazo para a aquisição ser efetuada por conta do processo legal que estão movendo para o empresário cumprir o acordo assinado.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico



Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,431FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts