spot_imgspot_img

Análise ENM: Flamengo é melhor nos 90 minutos, mas não consegue furar a defesa do Athletico


Flamengo e Athletico disputaram, na noite da última quarta-feira (27), a partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. No Maracanã, cariocas e paranaenses empataram por 0 a 0.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Proposta de jogo que dominou todo o primeiro tempo e o Flamengo bombardeou a meta do Athletico, que só chegou ao gol do time carioca uma vez.

Felipão armou uma retranca que realmente funcionou e impediu que a equipe do Rio de Janeiro ganhasse esta partida de grande importância para a sua caminhada.

O Flamengo lutou muito, mas não soube sair da muralha que o Athletico armou na noite da última quarta-feira. O grande domínio do Rubro-Negro carioca começou já aos 10 minutos, quando de um cruzamento da esquerda, Pedro tentou de calcanhar e Bento fez sua primeira grande defesa.

Aos 19, Gabigol veio para fora da área, recolheu a bola e tentou o gol, Bento soltou e Pedro, livre, perdeu porque chegou atrasado na jogada. Aos 28, o camisa nove invadiu pela direita e tentou de chapa. Perdeu grande oportunidade.

30 minutos, o domínio era total e o Flamengo começava a sentir que teria dificuldades para vencer a partida. Pedro fez novamente um grande primeiro tempo, inclusive auxiliando a sua defensiva quando precisava.

O Flamengo, neste primeiro tempo, teve nove oportunidades de marcar e não marcou. A etapa inicial terminou 0 a 0.

No período complementar, a coisa não mudou e piorou pelo lado do time da Gávea. Apesar de dominar inteiramente a partida, o Flamengo não tinha sucesso nos arremates finais.

Rodinei, que tinha feito um bom primeiro tempo, continuou apoiando seu ataque e procurando as jogadas mais perigosas para os companheiros de frente. Em um lançamento para David Luiz, aos dois minutos, quase que o Flamengo abria o marcador. Tal não aconteceu, pois no gol do Athletico estava Bento, que atravessa um período brilhante.

Aos quatro minutos deste tempo, realmente o Flamengo esteve à beira de fazer seu gol. Cruzamento da direita e uma cabeçada fortíssima de Pedro, que parou, também, nas mãos do goleiro adversário.

Neste período complementar, a defesa do Flamengo trabalhou muito. Destaque para Léo Pereira, que fez uma partida muito boa. Aos 10 minutos, a torcida do time carioca levou um susto na falha de David Luiz, que quase acaba em gol.

Aos 15 minutos do período final, Dorival Júnior mexeu na equipe. Entraram Vidal e Cebolinha e saíram João Gomes e Everton Ribeiro. O Flamengo continuava atento e a procura do gol da vitória. Gabigol buscava a bola fora da área e servia seus companheiros, principalmente a Pedro e Arrascaeta.

Com 32 minutos, Dorival Júnior fez nova substituição no time do Flamengo. O técnico tirou o lateral-esquerdo Filipe Luís e colocou Ayrton Lucas.

Aos 41 minutos, Thiago Maia, que estava pendurado, recebeu cartão amarelo e está fora da partida de volta, dia 17, em Curitiba. Com 43, a observação principal do jogo era esta: o Flamengo perde um gol atrás do outro.

+ Pedro lamenta empate contra o Athletico-PR: “Faltou ser mais eficaz na partida”

+ Atuações: Ataque do Flamengo pressiona, mas desperdiça chances; veja notas

Aos 51, David Luiz foi expulso e também fica fora do duelo decisivo na casa do Athletico. Na soma geral da partida, o Flamengo merecia melhor sorte.











Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,434FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts