spot_imgspot_img

Nenhum advogado quer defender anestesista estuprador


Médico Giovanni Quintella foi preso em flagrante após estuprar mulher anestesiada durante parto. Foto: Divulgação Deam-RJ

Justiça deu 10 dias para que a Defensoria Pública do RJ, acostumada a disputar holofotes lacradores, cumpra seu papel institucional

O anestesista Giovanni Quintella Bezerra, flagrado estuprando uma grávida durante o parto, ainda não conseguiu um advogado para fazer a sua defesa. As informações são do jornalista Irineu Tamanini.

Acostumada a buscar holofotes lacradores, a Defensoria Pública do RJ foi procurada e não respondeu.

Segundo advogado de uma das mulheres que move ação contra ele, a Justiça deu prazo de dez dias para que a Defensoria Pública do RJ cumpra seu papel institucional e indique um defensor para fazer a defesa do anestesista.

Causa estranheza que Adélio Bispo, que tentou matar o presidente Jair Bolsonaro, montou uma banca inteira com advogados experientes e de altos honorários cerca de três horas depois de ser preso.





Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,434FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts