spot_imgspot_img

Zuckerberg diz que Meta se planejou para crescimento otimista demais durante pandemia


O presidente-executivo da Meta Platforms, Mark Zuckerberg, disse a funcionários que a maior empresa de redes sociais do mundo se planejou para um crescimento otimista demais, equivocadamente esperando que o aumento do uso de serviços online durante os lockdowns contra a Covid-19 se sustentaria.

Zuckerberg, respondendo a pergunta de um funcionário durante uma reunião da empresa na quinta-feira, disse que a empresa havia promovido contratações de pessoal de maneira muito agressiva e que não havia considerado a possibilidade de uma desaceleração econômica, segundo uma fonte que ouviu os comentários.

O funcionário havia perguntado a Zuckerberg sobre erros que ele havia cometido, disse a fonte. A Meta se recusou a comentar.

As declarações foram mais pontuais do que as que Zuckerberg deu durante uma conferência com investidores no dia anterior, após a Meta, dona do Facebook, divulgar a primeira queda de receitas em um trimestre e projetar outro recuo para o terceiro trimestre.

Na conversa com investidores, Zuckerberg disse que acreditava que a economia norte-americana estava entrando em uma curva descendente que teria um “amplo impacto” no negócio de publicidade digital.

“É sempre difícil prever quão profundos ou longos esses ciclos serão, mas eu diria que a situação parece pior do que parecia um trimestre atrás”, disse.

Ele afirmou na conversa com investidores que a empresa havia se planejado para “reduzir pouco a pouco o número de funcionários” no próximo ano.

Mas na reunião da empresa na quinta-feira, outro funcionário perguntou a Zuckerberg se diretores sêniores na Meta estavam “acomodados”. Ele se referiu a um debate em andamento em torno desse termo desde que um executivo disse a diretores este mês para “encaminharem à saída” qualquer funcionário que estivesse “acomodado” ou com um desempenho ruim no trabalho.

Zuckerberg respondeu discutindo as análises de desempenho da Meta no geral, segundo a fonte que o ouviu falar, e também outra que foi informada sobre a resposta.

O funcionário que fez a pergunta depois foi a uma seção de comentários de um fórum interno de discussão da empresa e escreveu que, na sua visão, Zuckerberg não havia respondido a pergunta.

O debate acontece no momento em que Zuckerberg está enfrentando problemas cada vez maiores de insatisfação de funcionários, além de obstáculos econômicos e da concorrência da Apple e do TikTok, da Byte Dance.

Em uma tensa reunião da empresa mês passado, Zuckerberg disse a funcionários que esperava que eles trabalhassem com mais “intensidade”, ao cortar objetivos de contratação e aumentar padrões de desempenho que haviam sido relaxados durante a pandemia.

Funcionários da Meta, que como muitos da indústria da tecnologia são pagos parcialmente com ações, tiveram seus vencimentos efetivamente reduzidos este ano, após o preço dos papéis da empresa despencar por causa do crescimento estagnado do grupo.

 



Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,431FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts