spot_imgspot_img

MDB oficializa candidatura de Ibaneis Rocha à reeleição ao GDF


Além do MDB, o Progressitas (PP-DF), partido da deputada federal e vice na chapa de Ibaneis, Celina Leão, também estiveram presentes

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) oficializou, na manhã deste domingo (31), a candidatura à reeleição do atual governador Ibaneis Rocha. “Estar com vocês, meu povo, é o que nos fortalece todos os dias”, celebrou o mandatário.

A convenção da sigla aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Além do MDB, o Progressitas (PP-DF), partido da deputada federal e vice na chapa de Ibaneis, Celina Leão, também esteve presente. “Chega de político que mente, que fica sorrindo e não faz nada. O governador Ibaneis retribui com trabalho, com a vida dele e da família”, falou.

O Partido Liberal (PL) também esteve no evento, representando a deputada federal e presidente do partido no DF, Flávia Arruda, que será a candidata ao Senado Federal na chapa. “Política é sinônimo de união. E, hoje, estamos todos unidos aqui por um único propósito: o bem do Distrito Federal”, afirmou.

O ex-presidente da República Michel Temer (MDB) também esteve no palanque e demonstrou apoio ao governador. “Ibaneis, ao lado de nomes tão qualificados, como a Celina Leão e a Flávia Arruda, tenho certeza que você conquistará seu segundo mandato como governador do Distrito Federal’.

Ao lado de Rocha, o ex-governador do DF José Arruda (PL) afirmou estar voltando à política para “garantir que Ibaneis seja eleito no primeiro turno”. “O senhor tem a responsabilidade de nos unir e fazer por Brasília o que ela espera de nós”, disse.

No início do mês, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) concedeu uma liminar que devolvia a elegibilidade à Arruda, condenado duas vezes pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Inicialmente, acreditava-se que ele iria concorrer contra Ibaneis, mas acabou desistindo após acordo entre eles.

A união dos partidos foi possível após intervenção do presidente Jair Bolsonaro (PL), que, para evitar uma rachadura entre os bolsonarista da capital, fez a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, desistir da vaga ao Senado.

Mesmo com o apoio do presidente, no plano nacional, o MDB tem a senadora Simone Tebet como principal candidata à presidência. Não é esperada a presença de Jair Bolsonaro na convenção de Ibaneis.

Fonte: Jornal de Brasilia





Source link

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

0FansLike
3,431FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest Posts