Desenganada pelos médicos, mulher sai do coma após meses de oração

0
21
Desenganada pelos médicos, mulher sai do coma após meses de oração
Desenganada pelos médicos, mulher sai do coma após meses de oração

ANÚNCIO

A história de Kertisha Brabson desafia a ciência e comprova mais uma vez que o desfecho de uma vida nas situações mais trágicas, como um coma cerebral, depende tão somente de Deus, e não dos homens.

ANÚNCIO

Brabson, que é mãe de dois filhos, não apresentou motivos aparentes para desenvolver um quatro grave de saúde. Sem explicação aparente, e de forma gradual, ela passou a apresentar pensamentos e falas confusas, sem qualquer nexo.

Para a sua mãe, Kertease Williams, foi como se a sua filha tivesse apresentando o comportamento de outra pessoa. “Algo assumiu o controle e está arruinando minha filha. Eu simplesmente não sei o quê”, disse ela ao lembrar dos estágios iniciais da doença da filha.

Quando Brabson foi levada para o hospital, ela apresentou um quadro de convulsão, até que entrou em coma. Os médicos até então não entendiam o motivo do acontecimento e a situação da mãe de 31 anos ficou tão grave que a equipe de saúde declarou a sua morte cerebral.

ANÚNCIO

A mãe de Brabson, no entanto, sentiu que ainda não era o momento da sua filha partir e decidiu lutar por sua vida, mesmo com a filha desenganada pelos médicos. “Eu não tenho formação médica”, disse Kertease. “[Eu] nunca fui à escola para nada. Mas quando for seu filho, você fará todo o possível para trazer sua filha de volta”.

ANÚNCIO

Kertease transferiu a filha para outros hospitais, até que Brabson foi diagnosticada com encefalite anti-NMDA, uma doença autoimune que neste caso afeta diretamente o cérebro e suas funções, segundo o God Updates.

Brabson permaneceu em coma por longos sete meses, transitando em hospitais diferentes. Enquanto os médicos insistiam para a família desligar os aparelhos que mantinham viva a jovem, durante esse período, porém, a família dela se desdobrou em orações, até que ela acordou do coma.

“Em alguém como a condição dela, a mortalidade é superior a 60%”, disse o médico Shraddha Mainali, especialista no Hospital de Cérebro e Coluna do Estado de Ohio, lembrando que o caso de Brabson contrariou a maioria dos prognósticos médicos.

ANÚNCIO

Hoje a vida de Brabson é um testemunho vivo da providência de Deus.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/desenganada-medicos-mulher-acorda-coma-oracao-130784.html