Igrejas são fechadas por guardas municipais ao descumprirem quarentena

0
4
Igrejas são fechadas por guardas municipais ao descumprirem quarentena
Igrejas são fechadas por guardas municipais ao descumprirem quarentena

ANÚNCIO

Algumas igrejas contrariaram as determinações de quarentena, que incluem a suspensão dos cultos para a contenção da disseminação do novo coronavírus, o que obrigou a mobilização de guardas-municipais e policiais militares para que as celebrações fossem impedidas.

ANÚNCIO

Em Ponta Porã (MS) – cidade fronteiriça com o Paraguai – duas igrejas evangélicas foram fechadas na manhã do último domingo, 22 de março, por não cumprirem o decreto de situação de emergência publicado dois dias antes pelo prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB).

A cidade teve um caso confirmado de contaminação pelo novo coronavírus, de acordo com informações do portal local Campo Grande News . O secretário municipal de Segurança Pública Marcelino Nunes informou que na abordagem aos pastores das igrejas que foram forçadas a suspender os cultos houve diálogo e o pedido de fechamento foi atendido na hora.

Outras duas igrejas foram fechadas por fiscais da prefeitura acompanhados da Guarda Municipal em Porto Alegre (RS) no último sábado, 21 de março. Os templos, da Igreja Universal do Reino de Deus e Igreja Internacional da Graça de Deus, estariam usando portas alternativas para que os fiéis pudessem participar das reuniões.

ANÚNCIO

“Não podemos admitir que nenhuma instituição ou estabelecimento quebre os protocolos neste momento de emergência e enfrentamento do coronavírus. Todo espaço com grande concentração de público deve fechar imediatamente para a saúde e segurança de todos”, declarou o diretor de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Denis Carvalho, de acordo com informações da Folhapress.

ANÚNCIO

Na cidade de Patos de Minas (MG), uma igreja e um bar foram fechados no domingo. A Polícia Militar foi acionada, conversou com os responsáveis pela igreja e o proprietário do bar, orientando as pessoas que se aglomeravam nos dois locais a irem para suas residências cumprirem as determinações de quarentena, segundo informações do portal O Tempo.

“Não temos nenhum caso confirmado na cidade, mas já são 11 casos suspeitos, e há casos confirmados em municípios vizinhos. Nessa hora precisamos de isolamento”, explicou o prefeito José Eustáquio (DEM) no site oficial da prefeitura de Patos de Minas.

Na Praia Grande (SP), cidade vizinha a Santos, guardas municipais precisaram agir para encerrar cultos em uma igrela, e outras duas foram notificadas para não retomarem as atividades enquanto a crise não for contida.

ANÚNCIO

De acordo com informações do portal G1, o templo – instalado em um imóvel comercial – estava com metade da porta aberta para não chamar atenção. ”Ainda sim dava para escutar o som alto e o barulho de várias pessoas falando. Os moradores dali de perto ficaram assustados, porque mesmo com as recomendações das prefeituras pedindo para fechar, a igreja continuou reunindo as pessoas. E lá dentro o pastor ainda tava falando do coronavírus durante o culto”, disse um morador do bairro Vila Caiçara.

ANÚNCIO

A Prefeitura de Praia Grande emitiu nota confirmando que a Guarda Civil Municipal e fiscais da Secretaria de Urbanismo (Seurb) foram acionados e constataram a realização de culto religioso mesmo após a proibição como forma de conter a proliferação do novo coronavírus.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/igrejas-fechadas-guardas-municipais-descumprirem-quarentena.html