Feliciano convida cristãos à oracão pelo presidente durante pandemia

0
38
Feliciano convida cristãos à oracão pelo presidente durante pandemia
Feliciano convida cristãos à oracão pelo presidente durante pandemia

ANÚNCIO

A mobilização de oração dos brasileiros em um jejum nacional no primeiro domingo de abril, dia 05, mostrou a disposição dos cristãos em clamar a Deus para que o cenário de pandemia no país e no mundo seja revertido.

ANÚNCIO

Ciente da mobilização, o pastor Marco Feliciano usou seu perfil no Twitter para incentivar os usuários da rede social a orarem pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Eu vi o pres. Jair Bolsonaro confessar Jesus como seu Salvador em uma solenidade no Palácio do Planalto. Também o acompanho há anos, quando ninguém imaginava que ele seria presidente. Sempre lutou pelos valores cristãos! É por esse homem que hoje devemos clamar!”, escreveu o deputado federal.

Desde o início de seu mandato, Bolsonaro tem pedido a oração dos cristãos para que Deus o capacite com sabedoria e coragem para que ele conclua “a missão” que foi dada a ele, visando a transformação do país.

ANÚNCIO

A pandemia de coronavírus tem levado as pessoas a se interessarem pelo tema oração: uma pesquisa recente apontou que houve uma explosão de buscas pelo termo nas plataformas como o Google.

ANÚNCIO

O levantamento foi realizado por Jeanet Sinding Bentzen, professora associada da Universidade de Copenhague e diretora executiva da Associação para o Estudo da Religião, Economia e Cultura. “Em tempos de crise, os humanos tendem a recorrer à religião para aliviar o stress e buscar explicação. A pandemia de COVID-19 em 2020 não é exceção”, diz a pesquisadora.

“Eu documentei que as pesquisas do Google sobre oração dispararam durante o mês de março de 2020, quando o COVID-19 se tornou global”, acrescentou, pontuando que o número de buscas pela palavra “oração” dobra a cada 80 mil novos casos de infecção por coronavírus registrados no mundo.

Feliciano, que é um dos líderes do governo na Câmara dos Deputados, é um dos remanescentes no apoio incondicional ao presidente desde a campanha eleitoral de 2018. O parlamentar, que já chegou a ser cotado para a vice-presidência numa eventual chapa de reeleição de Bolsonaro, foi expulso do Podemos por conta dessa postura.

ANÚNCIO

Eu vi o Pres. @jairbolsonaro confessar Jesus como seu Salvador em uma solenidade no Palácio do Planalto. Também o acompanho há anos, quando ninguém imaginava que ele seria Presidente. Sempre lutou pelos valores cristãos! É por esse homem que hoje devemos clamar! #JejumPeloBrasil pic.twitter.com/iEM4htH9lg

— 👊🇧🇷 Marco Feliciano (@marcofeliciano) April 5, 2020

ANÚNCIO