Mulher adota cachorro idoso e descobre que ele já tinha sido seu na infância

0
57
Mulher adota cachorro idoso e descobre que ele já tinha sido seu na infância
Mulher adota cachorro idoso e descobre que ele já tinha sido seu na infância

[faceturbo]

Tem coisas que acontecem na vida que parecem parte de um enredo elaborado, daqueles feitos para colocar um cisco no olho da plateia. Quantos desses sobre reencontros de cães e seus donos você já assistiu? Pois essa história aconteceu de verdade! Ela adotou sua cadelinha de infância, sem saber, depois de ver uma postagem no Facebook.

Às vezes as coisas acontecem de forma que não se espera, tendo que fazer escolhas realmente difíceis. Isso acontece com algumas famílias que amam seus pets, mas não têm como cuidar da melhor forma deles. Acabam assim passando a guarda para alguém de confiança ou deixando ao abrigo de alguma instituição.

E foi exatamente o que aconteceu com a família de Nicole Grimes, que mora na Pensilvânia, EUA. Quando era pequena, teve que deixar sua companheira para trás, mas acabou reencontrando-a anos mais tarde, em uma adoção que fez pela internet.

Veja também: paciente com câncer tem melhora surpreendente depois de visita do seu cachorro

Ao adotar cadela idosa, ela teve uma boa surpresa

Ao adotar cadela idosa, ela teve uma boa surpresa
Ao adotar cadela idosa, ela teve uma boa surpresa
Crédito: Divulgação

Quando morava com seus pais, Nicole sempre pediu um filhotinho. Até que um dia sua avó apareceu para buscá-la na escola. Em seu colo, uma linda bolinha de pelo, com um grande laço cor de rosa. Coisas de vó. Foi amor à primeira vista e elas foram inseparáveis por quatro anos. Porém, a vida tomou um caminho que elas não esperavam.

Seu pai conseguiu trabalho em outra cidade e o lugar onde eles iriam morar não aceitava animais de estimação. Desolados, deixaram a cadelinha Chloe em uma instituição chamada Washington Humane Society. Seguiram viagem para uma nova vida, porém a saudade de sua amiga nunca a deixou de fato.

Já adulta, ela já estava casada e com seus próprios filhos, mas nunca tinha pensado em ter um cachorrinho novamente. Até que um dia viu uma postagem de uma amiga no Facebook, perguntando se alguém poderia adotar uma cadelinha idosa, que estava com ela há dois anos. Antes disso, ela fazia companhia a uma idosa que faleceu.

Imediatamente Nicole entrou em contato com a amiga e disse que ficava com a cadelinha idosa. O que despertou ainda mais a sua atenção foi o nome da pequena, Chloe. Ela era da mesma raça que sua filhote, porém com os pelos grisalhos e não mais pretinhos, como a sua. Será que se tratava da mesma cadela?

Sua amiga perguntou para o sobrinho da idosa que cuidava de Chloe, onde ela tinha conseguido a cadela. Ele contou que há alguns anos levou a tia para a Humane Society de Washington e ela se encantou com uma cadelinha, mantendo o seu nome. Foi então que ela adotou sua parceira, que teve um lar carinhoso enquanto não reencontrava Nicole.

Para ter certeza, a mãe de Nicole ligou para a instituição, que tinha registrado o chip da cadelinha, pegando o número para conferir. Quando Nicole a levou ao veterinário, viu que era o mesmo número, comprovando que era a sua Chloe. Um momento emocionante, que a família acredita ter a participação da avó da mulher, presente nas orações dos últimos tempos.

[/faceturbo]