Pastor é curado de covid-19 após 32 dias internado em estado grave

0
41
Pastor é curado de covid 19 após 32 dias internado em estado grave
Pastor é curado de covid 19 após 32 dias internado em estado grave

O reverendo Sergio Melo, presidente da Igreja Azusa em São Paulo, se considera um milagre ambulante. No início de março o pastor e sua esposa Mara Melo foram infectados com o novo coronavírus.

A partir daí, começou o drama, toda a família e igreja começaram a se mobilizar em intercessão pela vida de ambos, que corriam risco de morte.

+ Totalmente assumido, Jotta A lança música com Daniela Araújo

A esposa do pastor se recuperou bem mais rápido, e logo teve alta, passando a terminar o restante do tratamento em casa. Entretanto, a situação do reverendo piorou, e ele teve que ser transferido para UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Sergio Melo preciso ser entubado e passou 32 dias entre a vida e a morte.

Em entrevista ao ‘Guiame’, o revendo disse que teve falência renal, insuficiência respiratória entre outras complicações.

“Eu tive falência renal, insuficiência respiratória, também fui atingido por uma bactéria no sangue e fungo na urina e no sangue. Ou seja, não havia como sobreviver, humanamente falando, diante de um quadro como esse. Ao longo desses dias eu tive algumas alucinações, mas também tive experiências espirituais.”

+ Urgente: Valdemiro Santiago revela que contraiu coronavírus e continuou pregando

O reverendo relatou como conseguiu se recuperar e as experiências espirituais que teve.

“Em meio a toda aquela situação eu me lembrei da parábola do “Bom Samaritano”, e quando eu me lembrei desse texto, eu gritei com as minhas últimas forças e voz: “Bom Samaritano, tem misericórdia de mim, tem misericórdia de mim”. Eu já estava caminhando para a morte. Tenho certeza de que eu iria falecer naquela hora, quando me veio esse texto e, em vez de clamar pelo ‘sim’ daqueles seres horríveis, alguns com aparência de cabeça de formiga, comecei a clamar ao Senhor,” disse.

Naquele momento, ali, eu falei: A melhor coisa que tenho a fazer é deixar de pedir por socorro para esses seres e começar a pedir socorro para o Senhor, e o Senhor ouviu o meu clamor, e me tirou daquela situação. No estágio dessa visão que tive, daquela experiência naquela terra estranha, eu estava na UTI quando o Bom Samaritano, Jesus, apareceu, e a coisa é tão real, que quando o Senhor me tirou das garras da morte eu fui desentubado. Fui levado da UTI para um quarto mais confortável e, milagrosamente, os enfermeiros, técnicos, todos tementes a Deus, pertencentes a igrejas, entravam no quarto cantando hinos, profetizando a vitória sobre a minha vida, orando sobre a minha vida, até o padre da capela do hospital esteve conversando comigo e orando por mim. É como o texto diz, que o bom samaritano pagou a hospedagem daquele homem, os cuidados todos dele, os remédios todos dele e assim de uma maneira muito milagrosa eu consegui escapar dessa situação terrível, que me encontrava e ali comecei a glorificar a Deus”, completou o reverendo.