Um evangelista foi preso no sábado (8), em Cleburne, Texas (EUA) após interromper um” café da manhã com o Papai Noel” em uma igreja. Aaron Urbanski entrou no templo da St. Mark United Methodist Church acompanhado de dois outros homens.

Ao ver o tom do evento, passou a argumentar com as mães presentes que elas deveriam estar ensinando os filhos “sobre Jesus”. Quando uma delas pediu pra ele sair, começou a gritar “Papai Noel não existe”, o que gerou confusão entre os presentes.

Fonte: Gospel Prime