Feliz por vaga, Cuca alerta para início apático: “Poderia ter posto tudo fora”

0
77

[faceturbo]O gol marcado aos 34 minutos do segundo tempo fará o Palmeiras deixar Porto Alegre com a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, mas não com seu treinador satisfeito. Após a derrota por 2 a 1 para o Internacional, na noite desta quarta-feira, Cuca comemorou a classificação sem muito entusiasmo, por reconhecer que sua equipe não teve uma boa atuação no Beira-Rio.
– É um jogo que você sabe que o adversário vai entrar a todo vapor, com campo cheio, novo treinador. E o Inter tem time bom, é igual a qualquer um da Série A, basta ver os jogadores que tem. Se você não entra no nível de competição… Em 15 minutos o Inter dominou o jogo e poderia ter feito mais de um gol – analisou.
– Tudo o que foi falado na preleção, no vestiário, para se começar de forma agressiva também, não começou. Nosso time começou apático, moroso, e poderia ter posto tudo fora hoje – acrescentou o comandante palmeirense.

Depois de ter vencido por 1 a 0 o jogo de ida, o Palmeiras foi vazado logo aos oito minutos do primeiro tempo nesta quarta-feira. Esse placar levaria a decisão aos pênaltis. No intervalo, depois de já ter perdido Dudu, lesionado, Cuca sacou Edu Dracena (para pôr Thiago Santos) e recuou Felipe Melo. Aos dez minutos da etapa final, veio o segundo gol gaúcho.
Como esse placar daria a vaga ao Internacional, o técnico foi para o tudo ou nada. Substituiu Róger Guedes por um centroavante (Borja) e lançou o zagueiro Mina ao ataque. Aos 34 minutos, numa cobrança de falta, um gol de Thiago Santos evitou a eliminação.
– Num jogo como hoje, se você não usa o fundo para cruzar e ter definição, como você faz o gol? O Inter, com 10 atrás, valorizando 2 a 0. Quando você vai tabelar e entrar dentro? Fico feliz pelo empate, mas com pés no chão. Sinceramente, até preocupado, porque vamos ter muito trabalho para melhorar. E temos que melhorar muito – reconheceu.[/faceturbo]