Atendimento online da Ouvidoria do DF tem aumento de 32,3% – Agência Brasília
Atendimento online da Ouvidoria do DF tem aumento de 32,3% – Agência Brasília

imagem13-08-2019-12-08-43
imagem13-08-2019-12-08-43
Ouvidor-Geral do DF, José de Oliveira, explica que o órgão é uma forma de controle social. Foto: Renato Araújo / Agência Brasília

Com o objetivo de levar a voz da população da capital para dentro da administração pública, a Ouvidoria-Geral do Distrito Federal (OGDF) recebe reclamações, solicitações de serviço, denúncias, elogios, informações e sugestões por meio de alguns canais. A internet é um deles e neste primeiro semestre houve um crescimento de 32,3% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Em junho deste ano, o atendimento online, pelo Ouv-DF, passou a ser o canal mais utilizado pelo cidadão, representando 41% do total de manifestações. Entre os seis primeiros meses de 2017, 2018 e 2019, o aumento foi de 75%. Após receber as demandas, o órgão encaminha os pedidos para as áreas responsáveis do governo para a  execução dos serviços ou apuração dos fatos relatados nas demandas. 

A Ouvidoria é uma forma de controle social. Levamos os anseios da população para que os gestores possam fazer políticas públicas e medirmos a qualidade dos serviços prestadosJosé de Oliveira, ouvidor-geral do DF

Segundo o ouvidor-geral do DF, José de Oliveira, a manifestação registrada pela internet dá mais celeridade ao processo. “Por telefone, um atendimento rápido demora cerca de dez minutos. Pelo computador ou celular não chega a cinco minutos”, explica.

Além disso, Oliveira destaca que o usuário pode acompanhar o registro no sistema. “É parecido com uma conta de e-mail. Se a pessoa esqueceu algum detalhe, basta acessar novamente para fazer a complementação”.  

Pela internet, o cidadão também pode avaliar se a demanda foi ou não resolvida, além de responder uma pesquisa de satisfação. “A Ouvidoria é uma forma de controle social. Levamos os anseios da população para que os gestores possam fazer políticas públicas e medirmos a qualidade dos serviços prestados”, pontua.    

Como registrar  

Além do 162, as manifestações podem ser registrada pelo site, basta fazer o cadastro. Para acompanhar a demanda é preciso ter a senha de acesso ao sistema recebida no ato do registro da manifestação e o número do protocolo. Também é possível fazer o registro presencialmente. Cada órgão público do governo conta com uma ouvidoria especializada.